REPORTAGENS











=========================================================================================

Solo Dado

Diário do Grande ABC - 17/10/2006
Dojival Filho

        Ex-guitarrista da lendária banda Legião Urbana, Dado Villa-Lobos realiza nesta quarta-feira em São Paulo, no espaço cultural Studio SP, às 22h, o show de seu primeiro projeto solo, Jardim de Cáctus, lançado em CD e DVD no ano passado. Quem acompanha a carreira do músico sabe que a apresentação na casa de espetáculos tem sabor especial por diversas razões. Neste mês completam-se dez anos do fim do grupo brasiliense, que encerrou suas atividades pouco depois da morte do cantor Renato Russo (1960-1996).

        Além disso, foi na capital paulista, no início da década de 80, que o Legião começou a demarcar seu espaço no cenário musical, em clubes alternativos como o Napalm e o Rose Bom Bom. "As minhas lembranças dessa época são as melhores possíveis. É quando você está começando, desbravando e conquistando um público", afirma Dado, que recebeu naquele período o apoio de figuras emblemáticas do rock paulistano, como Edgard Scandurra (Ira!) e Clemente, fundador do grupo Inocentes e integrante do Plebe Rude.

        O vôo solitário do guitarrista, que agora acumula a função de vocalista, também tem gosto de recomeço. "Experimentei várias formações, no formato acústico e com banda completa. Você vai se habituando, tendo mais domínio, controle e compreensão", conta o instrumentista.

        Neste show, Dado terá o auxílio da banda que o acompanhou na gravação do álbum, formada por Carlo Bartolini (guitarras), Fred Nascimento (violão e guitarra), Laufer (baixo), Lourenço Monteiro (bateria) e Lia Galdino (vocais). O cantor Dinho Ouro Preto participa em Guns of Brixton, do The Clash, e Conexão Amazônica, do repertório do Legião. Outra presença confirmada é a do poeta Fausto Fawcett, em Faveloura & Lov.

        Turma - Dado não quer reviver o passado, mas não esconde o orgulho de ter dividido o palco com Renato e o baterista Marcelo Bonfá. Ele pretende promover um show para marcar os dez anos do fim da banda. O guitarrista ingressou no Legião aos 18 anos, quando planejava cursar sociologia na França, país onde morou durante a infância e o início da adolescência. "O que fez a diferença para mim foi ter encontrado o Renato, o Flávio (Flávio Lemos, baterista do Capital Inicial) e o Loro (ex-guitarrista do Capital), uma turma que fabricava seus próprios instrumentos. A música teve um papel determinante", conclui.

        Dado Villa-Lobos - Show com participações especiais de Dinho Ouro Preto e Fausto Fawcett. Nesta quarta-feira, às 22h. No Studio SP - r. Inácio Pereira da Rocha, 170, São Paulo. Tel.: 3817-5425. Ingr.: R$ 20 e R$ 15 (para pessoas com nome na lista de desconto).


"Não sei nem se estou mais na minha, nem na sua vida"
"Não percebi correntes me prendendo aqui até o instante em que tentei partir."
Fã-Clube Oficial Dado Villa-Lobos. All rights reserved.
Developed by Roberta Raquel Leismann