CARREIRA SOLO - Música para outros artistas











DISCOGRAFIA

TRILHAS SONORAS

LETRAS

CIFRAS

MÚSICA PARA OUTROS

BANDA DE APOIO

MÚSICOS DO JARDIM DE CACTUS

EQUIPAMENTOS DE SHOWS

PANE DE MARAVILHA - Paula Toller
(Música: Dado Villa-Lobos / Letra: Paula Toller e Fausto Fawcet)
(Música incidental: Cidade Maravilhosa - André Filho)
(CD: SóNós - Abril 2007)

Dado gravou as guitarras nesta música

Anoiteço, amanheço
em homenagem a vocês
Entardeço, faço frio
em homenagem a vocês

Anoiteço, amanheço
em homenagem a vocês
Eu nublo, abafo, enlouqueço
em homenagem a vocês

Esqueço a praia
Esqueço o berço do samba e das lindas canções
Esqueço o tal calor humano
Esqueço o tal do Carnaval
Descarnavalesço total

Os mistérios desse mundo
Vêm comer na minha mão
Os segredos desse mundo
Vêm comer na minha mão

Sou a Vênus no espelho
em homenagem a vocês
Sou a Fênix no espelho
em homenagem a vocês

Sou a Vênus no espelho
em homenagem a vocês
Sou a Vênus que se Fênix
em homenagem a vocês

De tão bela sou aquela que apela
Que revela seu clichê
Sou michê do meu cartão-postal
Desipanemesço total

Canto dos meus desencantos
Eu como na sua mão
Canto dos meus desenganos
Mas te amo como ama um cão

Esqueço a praia
Esqueço o berço do samba e das lindas canções
Esqueço o tal calor humano
Esqueço o tal do Carnaval
Descarnavalesço total

Cidade maravilhosa
Cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa
Coração do meu Brasil

RÚSTICA - Paula Toller
(Música: Dado Villa-Lobos / Letra: Paula Toller)
(CD: SóNós - Abril 2007)

Sonhei que era uma rosa
Feminil e delicada
Acordei viril
Musculosa e inadequada

Sonhei que era uma voz
A propor belas falas
Não a rudez que tolhe
Em prosa que não calha

No andar
No pensar
No amar
Um eterno mal-estar
Pra que fui o amor inventar?

Sou aquela que se entrosa
Com todos os meninos
Vigorosa e desprendida
Nas bandas da vida

Países não me explicam
Parentes não me abrigam
Poetas me perfuram
E palavras me penetram

No andar
No olhar
No tocar
Um eterno desejar
Pra que fui o amor revirar?

No feminino tímida
Do masculino íntima
Sou de improviso lúbrica
De propósito rústica

TUDO QUE VAI - Capital Inicial
(Música: Dado Villa-Lobos / Letra: Alvin L. e Toni Platão)
(CD: Capital Inicial Acústico MTV - 2000)

Hoje é o dia
Eu quase posso tocar o silêncio
A casa vazia
Só as coisas que você não quis
Me fazem companhia
Eu fico à vontade com a sua ausência
Eu já me acostumei a esquecer

Tudo que vai
Deixa o gosto
Deixam as fotos
Quanto tempo faz
Deixam os dedos
Deixa a memória
Eu nem me lembro

Salas e quartos
Somem sem deixar vestígio
Seu rosto em pedaços
Misturado com o que não sobrou
Do que eu sentia
Eu lembro dos filmes que eu nunca vi
Passando sem parar em algum lugar

Tudo que vai
Deixa o gosto
Deixam as fotos
Quanto tempo faz
Deixam os dedos
Deixa a memória
Eu nem me lembro mais
Fica o gosto
Ficam as fotos
Quanto tempo faz
Ficam os dedos
Fica a memória
Eu nem me lembro mais

Quanto tempo
Eu já nem sei mais o que é meu
Nem quando
Nem onde.

 

"Não sei nem se estou mais na minha, nem na sua vida"
"Não percebi correntes me prendendo aqui até o instante em que tentei partir."
Fã-Clube Oficial Dado Villa-Lobos. All rights reserved.
Developed by Roberta Raquel Leismann